domingo, dezembro 31, 2006

Feliz 2007!!



Pessoalmente nunca gostei desta quadra festiva. Há uns anos ainda passava a passagem de ano em discotecas/bares... com pessoas amigas. No final, as bebedeiras da praxe. Logo eu que odeio, detesto, abomino alcool, bêbados e afins. Desisti de aturar as figurinhas parvas dos irresponsáveis e entre outros motivos optei por ficar em casa com a minha família.

Embora nunca me tivesse arrependido por isso, o facto é que todos os anos é sempre a mesma história. Comida que dá para um regimento, a espera do raio da contagem decrescente, o champagne que nunca abre no momento certo, as horrendas 12 passas que parecem borracha acompanhadas dos desejos que nunca se concretizem, os beijos e abraços, confettis na testa, as boas vindas ao novo ano com a promessa prévia do governo que teremos, para variar, que apertar ainda mais o cinto em 2007!

Enfim, como diz o outro: desde que haja saúde, o resto que se dane"!
A correr, quase a adormecer em cima do teclado desejo um FELIZ ANO 2007 para todos!

terça-feira, dezembro 12, 2006

Feliz Natal!



Estamos na época natalícia e sendo eu bastante saudosista, relembro sempre os bons velhos tempos em que acreditava que realmente existia um gordo barbudo vestido de vermelho a distribuir brinquedos às crianças bem comportadas. Na altura devia ter desconfiado pois de bem comportada, não tinha eu nada!

Na época, supostamente o velhote de barbas brancas começava os preparativos no mês de Dezembro. Hoje em dia, o velhote deve andar a snifar alguma erva “revigorante” porque em meados de Outubro já começamos a ver pinheiros e promoções de Natal nas lojas!
Abomino este apelo ao consumismo exagerado. Tenta-se vender de tudo! São publicidade de brinquedos a toda a hora, as crianças pedem cada vez mais coisas e mais caras porque o(a) outro(a) tem. Estamos em plena recessão económica e, no entanto, gasta-se cada vez mais, com dinheiro que não se tem: é dívida sobre dívida!
São sugestões de prendas: lembro-me de ver na TV uma passagem de modelos vestidos com pijamas do Pai Natal bordado em todo o lado; os pijamas ainda incluíam umas luzinhas a cintilar (até na roupa interior), para ambos os sexos. Ainda pensei que fosse uma piada de péssimo gosto mas não! Escusado será dizer o ridículo dos modelos que devem ter recebido um cheque bem chorudo para fazer tão triste figura!

O Natal não é para as crianças?? Então por que carga de água temos que oferecer presentes a todos os conhecidos, semi-conhecidos, desconhecidos e receber prendas que não lembram a ninguém. Ok, ok, o que vale é a intenção mas já não tenho espaço para as malditas pantufas de peluche e os chocolates acabam por perder a validade!! Gosto muito de chocolates mas não tenho culpa de ter uma boca refinada e só gostar de certas marcas!! Acho que este ano, vou ter mais sorte, as lojas chinesas não têm pantufas nem chocolates!

“Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades” dizia o poeta, então porque continua o Pai Natal a ser retratado como um velho alegre e obeso?? Se todos os paises estão empenhados em combater a obesidade, acho que poderiam começar por emagrecer o velhote? Depois, admiram-se que as crianças estão a ficar cada vez mais gordas! Pois pudera, o velhote, respira saúde e nunca tem o colesterol e os triglicerídeos altos!! Além disso, aparece com as bochechas e nariz vermelho, mas que raio de exemplo é ele conduzindo as renas com uma pinga a mais??

Hoje em dia, onde quer que se vá, é um abusrdo de clones defeituosos do Pai Natal. Roupa foleira, barba a desfazer-se, são eles pequenos, altos, gordos, magros, mau educados... Isto é um descalabro! A criança ainda fica traumatizada. Depois, aproveitam para ganhar dinheiro tirando fotos com a pequenada. É ver os miúdos olharem de lado para essa “coisa” de Natal com ar de quem viu um bicho e a pensar “quem é este troglodita?”. Mas julgam que as crianças são burras???

Os cânticos de Natal são engraçaditos mas ao fim de alguns minutos, não há quem aguente “A todos um bom Nataaaal”, o “jingle bell” etc... É como entrar uma loja chinesa e ouvir aquelas musiquinhas asiáticas, verdadeiros atentados aos ouvidos! Convite eficiente para a porta de saída!

O que gosto no Natal são as luzes e os enfeites nas lojas e nas ruas mas ultimamente tem-se vindo a exagerar na quantidade! O que é demais torna-se ridículo! É impressionante ver as casas decoradas a preceito, cada vizinho tentando rivalizar com o outro para ver quem é o melhor! Grande espírito natalício, sem dúvida!
Por vezes, parece uma festa qualquer de bairro, só falta o fogo de artifício!

Haveria muito a dizer sobre o assunto, perdeu-se muito da magia mas apesar de tudo, continuo a gostar do Natal pelas boas recordações que me traz e por presenciar a alegria estampada no rosto das crianças quando recebem os presentes tão desejados, quer acreditem no barbudo ou não.

quarta-feira, novembro 08, 2006

Estacionamentos

Chega!!!! Estou farta de pessoas completamente, inteiramente, estupidamente idiotas e mal formadas!

Sempre que quero sair ou entrar em casa com o meu carro, há-de haver SEMPRE um símio estacionado em frente ao meu portão!!! Sempre que quero entrar ou sair da casa dos meus pais com o meu carro, há-de haver OUTRO primata. Não, não é por falta de estacionamento, deve ser o prazer de estacionar em sítios proibidos! A rua pode estar totalmente vazia mas onde é que essas creaturas vão estacionar, ONDE????? Mesmo em frente ao portão, já aberto e tudo!
Buzino até a buzina engasgar-se e acabo por só chateiar os vizinhos que coitados não têm culpa e ficam em transe do barulho!
Em casa dos meus pais, quando começo a saga da buzina, é uma festa! Aglomeram-se pessoas só para verem e falarem... tipicamente tuga! Arghhh...
E quando finalmente a creatura decide retirar o carro, após laaaaargos minutos, ainda reclama acenando para ter mais calma. Calma? CALMA?

Acho que vou colocar uma placa destas no portão, não vai adiantar nada mas pelo menos fica o que me vai na alma hehehehe :

terça-feira, outubro 31, 2006

Atendedor do Júlio de Matos

TRRIIIMM... TRRIIIMM... TRRIIIMM...

Responde o atendedor de chamadas:

"Obrigado por ter ligado para o Júlio de Matos, a companhia mais adequada aos seus momentos de maior loucura."

* Se você é obsessivo-compulsivo, marque repetidamente o 1;

* Se você é co-dependente, peça a alguém que marque o 2 por si;

* Se você tem múltipla personalidade, marque o 3, 4, 5 e 6;

* Se você é paranóico, nós sabemos quem é você, o que você faz e o que quer. Aguarde em linha enquanto localizamos a sua chamada;

* Se você sofre de alucinações, marque o 7 nesse telefone colorido gigante que você, e só você, vê à sua direita;

* Se você é esquizofrênico, oiça com atenção, e uma voz interior indicará o número a marcar;

* Se você é depressivo, não interessa que número marque. Nada o vai tirar dessa sua lamentável situação;

* Porém, se VOCÊ votou Sócrates, não há solução, desligue e espere até 2009. Aqui atendemos LOUCOS e não INGÉNUOS! Obrigado!

quinta-feira, outubro 12, 2006

Depois admiram-se...

A publicidade do BES é um atentado a inteligência. Depois ficam surpreendidos quando uma pobre alma cheia de dívidas, assalta um banco. Para completar o ridículo da situação, os média ainda registam esta "notícia" de forma digna de um filme de gangsters de 5ª categoria! Aliás, os piores gangsters (além dos políticos, claro) são todas as instituições bancárias que prometem mundos e fundos aos desgraçados que precisam deles para construir algo na vida.

terça-feira, setembro 26, 2006

Os 50 piores artistas da história da música


A revista Blender, uma publicação americana especializada em música, publicou há 3 anos uma lista com os 50 piores artistas da história.

Claro que essa é uma questão polémica, uma vez que depende dos gostos de cada um!
Entre os "nomeados" estão Mick Jagger, The Doors, Jamiroquai, Mike & The Mechanics, Air Supply, Celine Dion, Kenny G etc...

Pessoalmente, concordo com muitos embora se tenham esquecido de outros tantos artistas que dão voltas ao estômago! No entanto, discordo completamente, nem tão pouco entendo os critérios na escolha de alguns "listados", nomeadamente: The Alan Parsons Project, Jamiroquai, Whitesnake e Mike & The Mechanics. E não considero Richard Marx, nem starship tão broncos assim!!

Lista completa e comentários (em inglês), aqui.

domingo, setembro 10, 2006

2006/IX/11



Numa altura em que só se fala do fatídico dia 11/09/2001, não posso deixar de expressar a minha opinião sobre esta tragédia.
Recuso-me categoricamente em aceitar os factos impingidos pelo governo americano.
Existem evidências (a mais) que contradizem este acto terrorista.
Lembro-me que na universidade, uma vez que tive que estudar minuciosamente história internacional, os dirigentes americanos eram sempre referidos como os bons da fita pelos professores. Essa teoria nunca me convenceu embora tenha alinhado em falar positivamente dos US nas provas escritas e orais por necessidade óbvias. Seria um sacrilégio falar mal dos poderes governamentais americanos, ainda o é: chamam isso democracia, pfff!

No filme “flight 93”, o que me chamou mais a atenção foi a facilidade com que os passageiros, ao perceberem da catástrofe iminente, tiveram em comunicar via telemóvel com os familiares e principalmente o tempo passado ao telefone. A telecomunicação está cada vez mais avançada, OK, mas num avião, a não sei quantos mil pés acima da terra, há rede??? Entretanto, o avião despenhou-se num descampado mas ninguém viu uma peça sequer pertencente a um avião, apenas um grande buraco e entulho!!!
Mais, embora o impacto dos aviões contra as torres fosse brutal, dificilmente as deitaria abaixo como aconteceu... inclusive algumas testemunhas garantiram que ouviram várias explosões de bombas nos edifícios, antes de desabarem... Existem demasiadas discrepâncias e incongruências difíceis de ignorar.
Não vou relatar todas as contradições, basta clicar aqui para perceber onde quero chegar. O documentário está em inglês, já o revi em francês mas não encontrei em português :(

Deu para perceber a minha posição quanto ao governo Bosta... ahum Bush. Abomino o terrorismo mas como diz o povo: as aparências iludem e o inimigo por vezes é aquele que menos esperamos...
Afinal e como entendida na matéria (que remédio!!!), onde os americanos intervieram só fizeram quase sempre M.... !! Hoje em dia é umas atrás das outras, basta ver as notícias e ler os jornais para verificar este facto.
Bem de qualquer forma , este post é dedicado a todos que padeceram e sofreram horrores neste 11/09 em nome de miseráveis ... interesses estratégicos governamentais!

sábado, setembro 09, 2006

E....


1 ano depois, voltei para o mundo dos blogs (apaguei o anterior) e espero desta vez aplicar-me e escrever assiduamente.
Durante o ano que passou, muita coisa aconteceu mas nunca perdi uma oportunidade para visitar (silenciosamente) vários blogs. Adicionei alguns aos meus “favoritos”, por isso não se admirem se coloco um comentário ou outro vindo do nada, pois já fiz a devida prospecção do mercado hehehe