segunda-feira, setembro 17, 2007

Entrevistas

Quando tentamos procurar emprego, passamos todos pelo nervosismo da entrevista. Sendo eu uma pessoa produndamente altruísta, deixo aqui dicas do que não fazer numa entrevista (escusam de agradecer):

- dizer que se é tão qualificado que se não conseguir o emprego, significa que a direcção da empresa é incompetente.
- perguntar se pode ir buscar o Rottweiller que ficou lá fora à espera.
- mastigar chiclas com a boca bem aberta e sobretudo fazer bolinhas estaladiças.
- rir-se estupidamente da cara do entrevistador.
- levar o mp3 e ouvir música cantarolando.
- (para os carecas) sair brutalmente aflito desculpando-se que se esqueceu da peruca e voltar com uma cabeleira (torta).
- desafiar o entrevistador para um braço de ferro.
- pedir o currículo do entrevistador por duvidar da competência do Director dos Recursos Humanos.
- comer durante a entrevista desculpando-se que não teve tempo de almoçar.
- ficar em pé e andar para trás e para frente sem dizer uma palavra durante vários minutos.
- levar vestido um fato de treino principalmente quando o lugar a que se propõe é o de vice-presidente das Finanças.
- jurar que se for seleccionado, fará uma tatuagem do logotipo da empresa no braço como prova de lealdade.
- interromper a entrevista com a desculpa que precisa falar com o psicanalista ou advogado para lhe perguntar o que responder a certas perguntas.
- ameaçar não se levantar da cadeira no fim da entrevista sem ter a garantia que conseguiu o emprego.
- quando o entrevistador perguntar sobre hobbies, levantar-se e tentar fazer sapateado.
- tirar fotos do entrevistador explicando que faz colecção de fotos de entrevistadores incompetentes.
- tirar o sapato e a meia, colocar creme no pé, massajar e explicar enfiando a meia que este tratamento teria que ser feito 4 vezes por dia e que já estava na hora.
- dizer que não se quer o emprego mas apenas uma prova em como se tinha ido a entrevista para apresentar ao Centro de Emprego e não perder o subsídio.
- assobiar quando o entrevistador fizer perguntas.
- (para os homens) perguntar “Quem é este aborto?” indicando a foto da mulher do entrevistador.
- oferecer “pó” ao entrevistador para manter-se “cool”.
- no fim após terminar a entrevista, despedir-se apertando a mão ao entrevistador e perguntar onde fica o WC para desinfectar a mão.

sábado, setembro 08, 2007

Churrasco


Imaginem o seguinte cenário: moradia com um jardim.
É o primeiro Domingo onde finalmente está bom tempo e aí, por coincidência tens a tua patrulha de amigos que chega assim do nada:
« Ah sim, passávamos por aqui e pensámos: vamos ver a Sílvia!»
« Ahhh claro! Está na hora de almoçar, querem ficar para o almoço? »
« Ah Sim, pode ser, nem pensámos nisso…»
5 minutos depois estão como em casa deles, um deles pergunta:
« Ó pessoal, que tal almoçarmos no jardim?» Pronto, lá se foi o Domingo sossegado.
Primeiro é necessário limpar a mesa do jardim que fica sempre fora de casa e que está cheia de porcaria dos pássaros:
« Raios partam! Isto é impossível! O que é que os pássaros comem carago! Está mais duro que os cornos do vizinho... »
Após 15 minutos, assim que vês o pessoal de costas, colocas a toalha da mesa em cima das caganitas.
« Já está... »
Uma amiga chega para ajudar e diz:
« Está mal, puseste a toalha ao contrário»
« NÃO, não mexas. Gosto assim das cores pasteis, vamos à cozinha »
Colocas as facas, os garfos, os copos, o entulho todo e a amiga volta 5 minutos depois:
« Não vai dar assim, é melhor abrir a mesa para ficar maior!»
« Podias ter dito há mais tempo que era melhor aumentar a mesa!!! »
Pronto, aumentas a mesa e o estupor da toalha fica pequena demais!
5 minutos depois, estás a desdobrar todas as toalhas do armário para encontrar uma que sirva.
A primeira toalha dobras de novo com cuidado e colocas direitinha no armário, a partir da segunda começas a enrolá-las em bola e enfiá-las no armário com o pé.

Começa o churrasco.
Não percebo, não sei como é possível queimarem-se hectares e hectares de floresta em 5 minutos apenas com um fósforo quando com 4 litros de álcool, 2 caixas de fósforos dos grandes é preciso um mínimo de 2 horas para acender 4 pequenos raminhos!
Mais, uma vez aceso ainda é preciso soprar em cima para não apagar. 45 minutos depois ainda estás com os teus raminhos.
Quando finalmente a brasa fica pronta, colocas o frango e passado um pouco quando vais espreitar e viras as coxas vês que não estão assadas mas em contrapartida já tens queimaduras do 3º grau nas mãos.

Quando se come lá fora no jardim, há-de haver sempre alguém mal sentado, com o rabo entre 2 bancos, quase a cair.
« Estás bem F.? »
« Estou, estou! »
« Estás quase a cair, queres ser atado à mesa?»
« Sim mas depressa, tá? »
Também, há de haver sempre um que ficou com um bocado de osso do frango entalado na garganta.
« O que é que tens P.? »
« Tenho rraa, um bocado de osso na garganta, rraa »
« Come pão pá! »
« Já comi 4 pães rraa, rraa. »
Chega o melão que pessoalmente detesto.
Momento precioso pois corresponde com a chegada de uma vespa que está numa missão de reconhecimento.
De seguida, vêm todas as vespas, a luta é terrível mas cada um tem a sua técnica.
Tens aquele que tenta cortá-las em pleno voo com a sua faca, outro que não tem medo e apanha-as com a mão:
« Já está tenho-a aqui! Ahhhhhhh!!! ».
Também há os amigos dos animais:
« Se não se mexerem, elas não picam. Olhem a vespa no meu nariz, se não me mexer ela não me pica »
Esse de nunca se mexer, tem tudo no nariz: vespas, formigas, abelhas, mosquitos… já não é um nariz é uma colmeia:
« Bem, acho que me vou embora porque tenho o nariz cheio de mel, vou acabar por atrair os ursos ».

terça-feira, setembro 04, 2007

Parabéns para mim - 1 ano!

Este blogue faz 1 ano de existência! 1 ANO!! Como é possível? É o que me tenho perguntado… nem tenho dormido bem só de pensar nisso. Mal tenho tempo para jogar à Playstation, como é que consegui manter um blog durante 1 ano!
Eu a julgar que o blog teria 1 mês de vida, bolas!! Tenho postado IMENSO, ao todo são 52 posts, o equivalente a 1 por semana e tenho tido cerca de 15500 visitas!!! Hein? Hein?? Entre nós que ninguém nos leia, acho que o contador funciona tão bem como a minha balança!
Embora tenha tido alguns percalços com certos criaturas blogueiras, considero esta minha iniciativa muito positiva por ter tido a oportunidade de conhecer pessoas abomináveis… ahum maravilhosas!
Guardo e guardarei sempre os que me “tocaram” (olhem as mentes perversas!!) de alguma forma. Basicamente, são os blogues que costumo comentar sempre que posso.
Bom, podem me dar os parabéns, não levo a mal!
Como forma de assinalar este acontecimento histórico apresento 3 fotos tiradas… adivinhem onde!! Quem adivinhar leva um autógrafo do Sócrates.
A ideia é olhar para a paisagem e não para a pessoa que está ali nem sei bem a fazer o quê! De qualquer forma, posso dizer a título informativo que é a pessoa mais inteligente que alguma vez conheci. É muito simpática, meiga, doce, calma e principalmente muito modesta. Essa pessoa que por acaso sou eu é um encanto menos quando conduz.
Obrigada para os que me tem acompanhado neste mundo da blogosfera. Não tenho nada para vos oferecer mas recebam a minha amizade nem que seja virtual, há-de valer algo!
Para os que me têm chateado ofereço-vos…porrada!