sábado, setembro 11, 2010

E 9 meses depois...

... renasceu o blog com algumas remodelações. Lindo dia para recomeçar, dirão as moscas, foi coincidência! Aliás ao fazer as contas, constatei que esta amostra de blog faz 4 anos de existência. Ena tanto tempo!
Esta minha longa ausência foi motivada por múltiplas razões, uma das quais a falta de paciência para o estrume da blogosfera em geral. Hoje, é com grande alegria que anuncio que a blogosfera ainda ficou pior MAS desta vez estou com paciência para espalhar... "afectos"...

sexta-feira, dezembro 25, 2009

Feliz Natal!



Votos de um feliz Natal... correcção... continuação de um feliz Natal (assim está melhor).

Beijo amigavelmente natalício,
Silvia

PS: aproveito para pedir que parem de entupir o meu telemóvel com as mensagens-feitas da treta. Odeio-as! Custa muito escrever simplesmente "bom Natal"??
.

quinta-feira, dezembro 17, 2009

Hum!


Pois, afinal não "regressei" coisa nenhuma! E porquê, porquê? Boa pergunta. Não regressei tão rápido como esperava porque deu-me para ficar senil, é! Agora ando ocupada com a @%&#@#$ do farmville do facebook. Logo eu que dizia jamais me viciar nessas parvoeiras! Podia me ter dado para fazer tricô, cachecóis de 5 metros mas não. Não quero culpar ninguém, muito menos dizer que foi a Sandra que me viciou porque não sou de fazer queixinhas mas o facto é que ando virtualmente a tratar de uma quinta, do gado (no farmville algumas quintas têm elefantes, o criador dessa aplicação deve fumar uns canhões valentes, deve).... arghhh!
Ainda crio a associação farmvilleahólicos anónimos!

Entretanto esta noite decidi largar o vício e ver o filme "The ring". Que timing fabuloso! Na, realmente melhor noite não podia ser. Mais valia plantar as batatas!
Lá fora um temporal jeitoso, como moro no último andar o vento fazia eco ao filme, eram assobios fantasmagóricos por toda a sala. Já estava a imaginar a Samara (personagem do filme) sair-me da televisão... Quase na parte final do filme, eu completamente cuzinho tefe-tefe, de repente o sofá e o pinheiro de Natal abanam... a casa tá possuída! Minutos depois o telefone toca... SOCORRO!!!
Raio do sismo pá!

domingo, novembro 01, 2009

De regresso??


Que dia mais estranho para regressar! Tendo em conta que este blog está praticamente moribundo...
Bom, bom na verdade é uma questão cíclica. Estive este tempo todo sem vontade de escrever, ou melhor, quando me surgia um assunto digno de referência ao fim de poucas linhas perdia o interesse e apagava tudo. O chinoca, esse belzebu que anda por aqui a poluir-me o blog também nao ajudou.

Contudo, para manter algum contacto blogosférico tenho lido alguns blogs sem comentar não só do pessoal aqui da "casa", como quem diz, dos amigalhaços virtuais como também outros blogs. Uns mais populares do que outros... É incrível como em tão pouco tempo a blogosfera tem-se tornado um blogolixo impressionante! Confesso que tenho saudades dos velhos tempos em que os blog eram mais genuínos... não sei explicar, só quem começou cedo na blogosfera é que poderá eventualmente compreender.
Actualmente é aquilo a que se poderá chamar "mais do mesmo". Por falar em lixo, recebi um pedido por email para assinar uma petição para oferecer uns Louboutins à uma blogueira qualquer... e uma bazuca na fronha, não? Quer uns Louboutins? Compra uns sapatos tacão agulha, pinta a parte da sola de vermelho e já está.

Esta porra das petições virou moda também, é? Já me pediram para assinar umas quantas e sinceramente dada as petições de bosta que andam por aí devem ser tão eficazes como Jesus em Braga (opsss, não sei como saiu-me isso tssss!) ??
Já sei, vou criar uma: "acabar com petições de m*rda!"

-

sábado, agosto 29, 2009

Nota entalada



"If you're going to San Francisco
Be sure to wear some flowers in your hair..."

Se calhar já chega dessa moda de colocar uma flor escandalosamente abominável no cabelo, não? Onde quer que vá, lá aparecem os canteiros capilares.
Em Portugal não há cá meias medidas quando é moda anda tudo igual.Tanta foleirice junta, credo!
Porque não experimentar folhas de urtigas? Pelo menos seriam diferentes.
E já nem falo das "fraldas" aka saruel...
-

quarta-feira, agosto 12, 2009

Gumpff


O meu blog está infestado com um spamidiota da China ou arredores ou o raio que o parte todo!
A minha paciência tem tido melhores dias, vá confesso e este ornitorrinco asiático está a abusar.
Se ainda fosse esperto, naaa! O sacana metralha o meu blog com links de site em chinês ou japonês (é à escolha do freguês) logo não se entende porra nenhuma.
Ainda tentei abrir alguns desses links para… enfim… como direi… através de um contacto qualquer mandar-lhe um email para lhe “agradecer” esse bombardeamento e nada.

Nessas circunstâncias tive que tomar medidas drásticas: coloquei o blog à prova de anónimos. Resultado? O australopithecus teve o transplante de se dar ao trabalho de criar uma conta para continuar com a missiva.
Nova medida dantesca: moderação dos comentários. A caixa dos comentários fica mais limpinha mas em contrapartida a minha caixa de correio fica atrofiada.

Estava a pensar em escrever umas palavras "amigáveis" em chinês tradicional mas sendo eu muito pacífica achei melhor não. Não vá o símio gostar!

Desisto!
-

segunda-feira, julho 20, 2009

Reflexões


Esta ausência fez-me chegar a brilhante conclusão que não tenho vida para blogues... o que é óptimo pois o mundo virtual embora interessante, não passa disso mesmo: virtual!
Isso fica para um próximo post, a ver.

Bom... estes dias têm-me permitido fazer uma reflexão profunda sobre determinadas questões que insistem em execrar-me:

- Sempre que compro bananas ainda verdes, vou acabar por comê-las ainda verdes e ficar com a língua cravada tipo cacto.
Sempre que compro bananas maduras, vou acabar por deixá-las apodrecer.

- É sempre aquele que ressona que adormece primeiro. Quanto mais é a tentativa de silenciar a fanfarra mais é a probabilidade de passar uma noite em branco.

- A probabilidade de encontrar uma pessoa conhecida aumenta quando estou com alguém com quem não quero ser vista.

- As boas coisas da vida engordam pra car… %&@&/#$%!!

- Os objectos partem com mais facilidade em função do seu valor. Ou seja, vamos “imaginar” o seguinte: de um lado tenho uma relíquia de família com quase 2 séculos que gosto imenso, do outro tenho uma coisa parecida com um adorno oferecido por um idiota que me queria impingir um colchão ortopédico. Ambos caiem, qual é o objecto que fica intacto, qual?

- Seja qual for o objecto, ele encontra-se sempre, SEMPRE no último lugar onde procuro. Mesmo quando tento inverter a questão e procuro no último lugar, ou seja no lugar mais improvável, o objecto estará obviamente no sítio onde costumo procurar em primeiro lugar.
Quando não procuro, encontro tudo. Idiotas inclusive!

- A outra fila, seja ela no trânsito ou na caixa do supermercado, anda sempre mais depressa. Se mudar de fila, aquela que acabei de deixar passará a andar mais rapidamente.

- Mais a razão pela qual me encontro numa fila de espera é urgente, mais lento é o(a) besta… ahum empregado(a) que atende.

- Só depois de estacionar o carro à 2 km de distância é que lugares vagos aparecem pertinho do sítio onde quero ir.

A quem devo pedir contas?? %&@&/#$%
-