segunda-feira, abril 13, 2009

A arte de bem escrevido


Tenho vindo a reparar que a escrita nos blogs está a ser constantemente massacrada. Queria, pois, alertar para esse flagelo e dar o meu contributo com uns conselhos básicos para escreverem correctamente.

Vamos lá então:

- Seria preciso ver que os verbos estariam correctamente utilizados, por isso era buscarem a gramática.
- Relativamente às preposições, é favor evitar terminar as frases com.
- E nunca, jamais começar uma frase com uma conjunção. E fica idiota!
- Evite as metáforas, numa frase parece uma pedra numas chancas.
- Sejam talvez um pouco mais ou menos precisos.
- Cuidado com as repetições, é preciso evitar repetições. As repetições dão aquela imagem de canastrão, as repetições são repetitivas.
- Nunca deixe uma frase suspensa, senão…
- A língua portuguesa é riquíssima, evite utilizar termos estrangeiros porque for heaven sakes a frase fica fucked up. Oh God! Bitch!
- Tente exprimir-se de forma concisa, não utilize mais palavras do que o necessário na sua generalidade é quase sempre supérfluo, não vem acrescentar nada de jeito ao que já disse.
- Nunca frases sem verbo ou de uma só palavra. Eliminar.
- As comparações são como peidos oprimidos e são de evitar.
- Geralmente, convém não generalizar.
- Se tiver, dúvidas, quanto, à, colocação, de vírgulas, esquecem-nas, pronto.
- Utilizar hipérboles por tudo e por nada é um genocídio, um atentado.
- Não utilize muitos pontos de exclamações!!!!!!!!!! Dá a impressão que ficou com o dedo entalado na tecla!!!!!!!!!!!!!!
- Ó caralho, evite à todo o custo a vulgaridade, essa merda é fodida!
- Já vos disseram umas centenas de milhões de vezes que não é preciso exagerar.
- Pelo amor da Santa, deixem-se de religiões.
- Sejam sempre simpáticos com os seus leitores, cambada de chungosos!
-

24 comentários:

Ana GG disse...

Silvia do Norte
Pela parte que me toca agradeço imenso os conselhos sobre a arte de bem escrever. Contudo, discordo de algumas sugestões. Na minha opinião, embora as regras gramaticais sejam para se cumprir, a escrita criativa permite algumas variações. Isso é que a enriquece e a torna única.
Eu, por exemplo, sou "especialista" em deixar frases suspensas e ninguém me tira as minhas reticências de estimação.

Ó mulher, reparei que ultimamente andas um pouco crítica relativamente aos companheiros bloguers. É a música que te desagrada, a escrita que não está correcta...sinto-me tentada a arriscar um título para o próximo post (ou será poste, para aportuguesar o termo?), "A piroseira das imagens".

Tenho dito!!!!!!!
(os pontos de exclamação são só para chatear)

;)

Silvia F. disse...

Hehehehehe, ó Ana neste post não estou nada a ser crítica, é tudo em tom de brincadeira, não leves a sério não.
Aliás eu sou das 1ª a cometer estes supostos erros. Como tu gosto das minhas reticências e mais, cá entre nós que ninguém nos leia eu acho-me um desastre na lingua portuguesa (não é a minha língua materna) portanto quem sou eu para julgar...
reticências ;)
Sabes que me deste um bom tema para um próximo post? Hihihihi

Beijinhos com humor!

Ana GG disse...

Ahahah
E eu a pensar..."Esta hoje acordou com mau humor!"

Beijinho

Silvia F. disse...

Tu tens-me em boa conta, sim Senhora!
Tsssss ;)

Ana GG disse...

Eu?!
Naaaaaaaaaaaaa!

;D

apleman disse...

HAHAHAHAHA...

Absolutamente fucking genious...

Um dos teus melhores textos...

Kiss Kiss

Rafeiro Perfumado disse...

Chungoso?!? Ai, há tanto tempo que não me tratavam assim tão coarinhosamente! Venham daí essas beiças!!!

disse...

Brilhante! Ou poderei escrever absolutely brilliant!!!!!!!!!!!!!!
;)

LBJ disse...

Vim aqui ter a saltar de um conhecimento comum.

Neste momento há muitos milhares de blogs em Portugal e o numero não pára de crescer todos os dias e há de tudo, muito poucos ambicionam algo mais do que se divertir, desopilar, fugir da realidade, sentir-se menos sós, foder o juízo ao mundo, etc.

Movimentos para a correcção na escrita blogueira parecem-me redutores e até tendencialmente snobs.
Eu, que não percebo nada disto e nem sei o que é escrever bem e até avisei no meu primeiro post que era meio disléxico e que a Língua Portuguesa não tinha que se ofender comigo, mas sei o que é um bom prato de bacalhau, semeio virgulas, não faço puto ideia para que é que serve o ponto e virgula, abuso do tabaco e das reticencias e gosto de metaforar e das comparações floreadas com muitos torneados e palavras esotéricas que escolho na wikipidia e what the fuck nem sei se escrevo bem e bem do ponto de vista de quem? Do Saramago? Do Camões ou do Pessoa? Do teu? Aqui na blogocoisa tens a vantagem de que é à borla se não gostas não compraste, não precisas de pôr na estante só para encher… Olha três pontinhos que giro, dá uma ar moderno e coiso.

Gostei do teu blog e como pareces ter sentido de humor, não vais ficar zangada com o desabafo:)

António Sabão disse...

Belo texto para esta quadra pascoalícia! Se não fossem os teus posts ou postes morria de pasmaceira nas minha viagens pelos blogs ou blogues? Língua materna? Hum... (reticências)
Beijoca

Ana GG disse...

Silvia, vou deixar um recado (adoro ocupar os espaços alheios).

LBJ
O povo está contigo!
Adorei o teu comentário.
Acredito que o texto tenha sido escrito com o humor que caracteriza a Slvia, nada de snobeiras...mas que há muito menino/a na blogocoisa armado em critíco literário há.
Chiça!!!
;)

Sandra. disse...

:))

creduuuuuu bumbókinha rexeada de lagosta (debe ser bom né??)

Per mementos té pensei kias falar dakeles q num sabem inscreber ó isso :)))))))))

Há case 9 anitos kouço a mema m3rda!!!!!!!!!!!!!!!!

xinhókaaaaaas damô ós mólhos

Sofia disse...

Aqui me confesso... não ligo muito à gramática da coisa...

Vou tentar ter mais cuidado ;)

kiss kiss

vício disse...

SILVIA!!! ACORDA!

Capitão Merda disse...

Hum...
Fizeste-me lembrar que só dou calinadas!

Rui Caetano disse...

EScrever exige escrever muito. Na prática de escrita e na leitura residem o segredo do bem escrever.

André disse...

Tento ter cuidado ao escrever, não dar muitas calinadas... mas por que sempre assim foi, se errar ou não temos pena, o que sai à primeira é que se sente, não fazer por que é bonito ou 'politicamente correcto'.

Ju disse...

O que era de mim sem os teus conselhos para bem escrever.
No entanto... vou continuar com os meus Oh My God! e outros tais, acho que dão charme.
B.Ju

Eduardo Ramos disse...

Além de gira como o caraças és genial.

mjf disse...

Olá!
Adorei este post...fizeste-me dar umas boas gargalhadas...!!!!!!!!!!( fiquei com o dedo preso na tecla)....
eheheheh
Voltarei.....


Beijocas

LBJ disse...

Olha, não me leves a mal mas citei este teu post no meu blog, desde já tens todo o direito de preparares o insulto que te mereço:)

LBJ disse...

Silvia,

Peço desculpa se me expliquei mal eu em momento algum pensei que não estavas a ser irónica, tanto que me pareceu interessante dar continuidade à tua ironia
Quando coloquei a nota no meu blog:
“Nota: Não tive qualquer duvida de que o post da Silviaf era humorístico”

Estava a ser muito sincero, por favor o mundo está cheio de mal entendidos e se sem querer
te causei duvidas de tristeza com o meu comentário uma vez mais o meu pedido de desculpas.

Gonçalo disse...

A Arte é tua, minha querida! Adorei!


P.S.: "...Evite as mentiras elogiosas, a pessoa em causa pode ficar com um ataque de orgulho e salivação exagerada sem necessidade nenhuma."

:P

AP disse...

Adorei, ahah

Está deveras ...