terça-feira, junho 19, 2007

Compras I

Sempre que me desloco a um hipermercado, supermercado e afins, escolho sempre mas SEMPRE o carro das compras que mais chia.
Nem faço figura de parva nem nada quando passeio com o calhambeque:
- coinc, coinc, coinc, coinnnnc… qual porco a grunhir! É que ninguém repara nem nada.
O carro há de ter sempre uma roda bloqueada com folhas de salada colada na mesma. Ando pelos corredores com o carro das compras em viés. Que se dane, as pessoas que se arrumem, os carros deficientes têm prioridade!
Quanto mais carrego o carro, mais barulho faz e mais difícil torna-se dirigi-lo: é a luta do “homem” contra a máquina.

Quando acabo as compras, a marcha atrás fica empenada. Posso estar a 2 metros das caixas tenho que dar a volta ao hipermercado, sempre de bom humor:
- Coinnnnnnnncccc…. Coinnnnnncccc…
Finalmente chego às caixas para o pagamento. Pouco importa a fila que escolho, as filas das outras caixas avançam sempre mais rapidamente. Basta colocar-me numa… bloqueio geral!
- Ahhhh PORRRRRRA!!!
Enquanto isso as outras filas não param de avançar:
- ENTÃO??? COMO É???
Aguento largos minutos quando finalmente só está um cliente à minha frente. A minha felicidade esmorece quando reparo que o tal cliente é do mais… BRONCO que existe. Leva um tempo infinito a despejar a porcaria do cesto e mais 2 horas para lembrar-se do código do multibanco. Uma característica destes panascas é que têm sempre um artigo sem o código de barras, logo sem preço.

Finalmente chega a minha vez, coloco os produtos no tapete com um sorriso amarelo para a menina da caixa:
- Ah finalmente! Ao tempo que estava à sua espera!
- Nha, nha, nha, nha!
- Como? Nha, nha, nha???
- Aqui é para clientes com 15 artigos no máximo!!
- Ohhh não vi, não sabia!!
- Tem que ir para outra caixa!!
Se não é a questão dos 15 artigos é o multibanco que não funciona… Regra geral, poucas são as vezes em que as compras me correm muito bem.
Coloco tudo no carro com um ar de serial killer, a minha vontade é sacar da metralhadora e matar toda a gente. Desloco-me para outra fila cheia de gente com carros de compras a abarrotarem.

É tão bom fazer compras!

18 comentários:

pita-cega disse...

Revejo-me quase em tudo. Mas eu dou-me ao trabalho de experimentar vários carrinhos, antes de partir à aventura das compras. O pior que me aconteceu foi ter um velho à minha frente com um pacote de café e só depois de sair o talão é que se dignou procurar os trocos escondidos num porta-moedas ainda mais velho do que ele. Como se os velhos antes de pegarem num produto não verificassem o preço umas mil vezes…

zetrolha disse...

Casa-te comigo e não precisas de ir a supermercados!

Capitão Merda disse...

Ainda estou para conhecer a mulher que não seja vidrada em compras!

VICIO disse...

quanto à chiadeira do carro, experimenta levar o teu! arrumas logo as compras e não precisas de passar na caixa!
quanto à caixa de 15 artigos... se tiveres mais que isso... divides as compras e pagas duas vezes!
elementar... ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Ainda bem que aind anão fizeram carrinhos com buzina, tá-se mesmo a ver que não largavas a desgraçada! Um grande Óinc... perdão, RAUF para ti!

Sandra disse...

:)

e eu a pensar kera a unica exemplar candava cus carrinhos a roncar e a xiar por todo o lado :)

oya o biciante tem razão, candu tens bués compras divides e pagas em separado, já fiz isso bués de vezes, mas divido as antes de xegar á operadora de caixa, pq ás vezes podes dar cuma ca mania ké isperta ;)))

oya q eu já fui op de caixa e sei do q falo :))

masódeio ir ás compras credu, kórror...nunca levas te c um carrinho nos ternozelos?? e nunca deste em ninguem?? lololllllllll...é uma sensação dakelas :)))))))))))))

xinhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua

marco disse...

ah mulher azarada, já tentaste ir ao bruxo?
e o teu maior azar sabes qual é?
nao conheceres aqui o podre de bom ao vivo e a cores!!!

ehhh!! beijitus!

xá-das-5 disse...

ahhaahhaha. Ri-me com gosto porque me revi em algumas coisas.
Mas faltou-te uma: qdo estamos uma eternidade na fila e, qdo chega a nossa vez, a caixa passa de "aberta" a "fechada".
Quanto às rodas empenadas, chiadeiras e afins, é tudo igual em qq super nacional (belo slogan).

Paulo disse...

Sinto que todos compartilham algo dessa experiência. É por isso que o comércio virtual cresce com tanta força!

Beijos!

João Barciela disse...

É por isso que os homens nao podem acompanhar as senhoras... o meu azar é q me calha muitas vezes ter de ir!!! =\

Casemiro dos Plásticos disse...

são coisas que acontecem lol

António Sabão disse...

Deixa lá, nós os machos temos os mesmos problemas.

Silvia F. disse...

Pita-cega,
Ainda bem que não sou a única ;))
Experimento vários carros também mas não adianta. Antes um defeituoso que um sujo cheios de papeis ramelosos ;))

Zetrolha,
Juras?? ;))

Capitão merda,
Eu! Incrível mas verdadeiro!

Vício,
Levar o meu... automóvel? Se houvesse mais espaço!
Dividir as compras e ouvir as pessoas na fila reclamarem?? Naaa, obrigada! Ainda atiro as compras as trombas de alguns o que não é nada do meu género! :))

Rafeiro,
Buzina por buzina teria que ser aquela que os camiões utilizam! Essas sim valeriam a pena Hihihihihi Beijos

Sandra,
Deves frequentar os mesmos hipermercados que eu! ;))))
Mas dividir as compras é que não dá porque além da péssima escolha do carro de compras, escolho também a fila com o pessoal mais dado à peixeirada e eu, não gosto!!
Ainda levavam com as couves na testa!
Já levei com os carrinhos nos tornozelos mas estou mais habituada a dar nos tornozelos dos outros, sou muito dada não sou egoista hehehehehehe
Beijos

Marco,
Azarada? Dizem que sou uma sortuda pelo menos nunca morro de tédio! ;)))
Até tenho medo de conhecer um podre de bom como tu!! :))))
Beijos

Xá-das-5,
Obrigada por me fazer sentir que outros além de mim fazem figuras dignas de andar com um saco enfiado na cabeça Hehehehehehe
Esqueci-me desse pormenor da caixa passar de aberta para fechada! Aí ameaço deixar o carro de compras tal como está e ir-me embora ;)))

Paulo,
É verdade, as compras online são bem mais práticas e crescem cada vez mais!
No Japão, os carros de compras chegam a uma situação de decomposição e chiadeiras como aqui?? :))
Beijos

João Barciela,
Um homem deve sempre acompanhar as mulheres para, em caso dos carros empenarem e chiarem, levarem os ditos com as compras às costas!! ;))))

Casmiro,
Acontecem demasiadas vezes!!

António Sabão,
Acho bem que sim!! Mas não sei porquê, os machos têm mais sorte com as meninas das caixas! Tá mal!

António Sabão disse...

Oi Allô, não voltaste a comentar no meu blog!? Assim não vou a lado nenhum, nem comemoro o comentário 3001!
bj

Silvia F. disse...

Hehehehehe
Ainda te vais fartar de mim!

Paulo disse...

Sim, os carrinhos de compras daqui se desintegram, e com o mesmo barulho irritante!

By the way, te mandei um e-mail importante! Sobre celulares e pessoas ilustres... Hehehe

Beijos!

zetrolha disse...

Ó môr nunca mais me ligaste!

Eduardo Ramos disse...

... como te compreendo!... e.. desculpa lá o carro no traseiro. Foi sem querer. Estava a olhar para uma patinadora tão gira!
;)
Agora a sério. Acho que sofremos do mesmo síndroma. Ainda não arranjei um nome para ele, mas tem que ser qualquer coisa que tenha a ver com irritante, pilha de nervos, stress e tendências homicidas.
Já me lembrei de "governo", mas depois achei melhor desistir da ideia.